Bill Gates tem razão?

Bill Gates tem razão? 7 mitos ou verdades sobre as criptomoedas

As afirmações negativas de Bill Gates sobre as criptomoedas não são novidades. Recentemente, o bilionário disparou que as moedas digitais e os tokens não fungíveis (NFT) são “100% baseados na teoria do mais tolo”. Ele diz ainda que os investidores ganham dinheiro com ativos sem valor, porque as pessoas estão dispostas a pagar por isso.

No entanto, a Microsoft, fundada pelo magnata, realiza investimentos pesados em blockchain. â€œIsso demonstra um pouco do posicionamento da empresa frente a essa tecnologia”, afirma Bernardo Srur, diretor da Associação Brasileira de Criptoeconomia (ABCripto).

Antes de se deixar levar pela onda das críticas de Gates, conheça sete mitos ou verdades sobre as criptomoedas.

As moedas tradicionais emitidas por bancos centrais tinham o valor sustentado por uma quantidade equivalente em ouro. “Mas o lastro dos papéis-moeda não existe mais como antigamente”, diz Leonardo Camata, diretor de alianças e inovação da ISH Tecnologia.

A partir de 1971, por exemplo, o dólar-1,44% desvinculou seu lastro do ouro, passando a ter uma flutuação livre. O valor da moeda é sustentado pela confiança na economia dos Estados Unidos. Da mesma forma, o lastro do bitcoin é garantido pela utilização e pela confiança na tecnologia blockchain.

As criptomoedas foram projetadas para serem finanças descentralizadas (DeFi) sem a influência de leis nacionais. Os governos não têm o mesmo poder para restringir as transações em moedas digitais como fazem no sistema financeiro tradicional, mas isso não significa que não existam regras.

“O mercado brasileiro de cripto já tem regulações próprias”, explica Srur. Além da obrigação de investidores e exchanges de informar transações para a Receita Federal e de dispositivos contra a lavagem de dinheiro e o financiamento ao terrorismo, já foi aprovado o Marco Legal das Criptomoedas pela Câmara dos Deputados.


Comentários (1)

winstnner

09 Julho, 2022
Esse é o Bill Gates...

Deixe um comentário